Telefone
(0**) 21 3693-2704

Endereço
Rua Canadá, 123 - Sabugo Paracambi - Rio de Janeiro CEP: 26.600-000

orkut

Palavra do Pastor

Jó 33:28 - "Deus livrou a minha alma de ir para a cova a minha vida verá a luz."

O Crente, os Vícios e os Jogos de Azar
 
“Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.” 1ª Coríntios 6:20
 
O CRISTÃO é pessoa que é dotada de liberdade, porque alcançou a salvação e a liberdade do cristão é incompatível com qualquer vício, vez que o vício escraviza o homem. Por isso, o cristão sincero e verdadeiro não se deixa dominar por qualquer vício.
 
Pastor Edson - Vício, dizem os dicionaristas, é " 1 Defeito físico ou moral; deformidade, imperfeição. 2 Defeito que torna uma coisa ou um ato impróprios, inoperantes ou inaptos para o fim a que se destinam, ou para o efeito que devem produzir. 3 Falta, defeito, erro, imperfeição grave, viciação, viciamento. 4 Disposição ou tendência habitual para o mal. 5 Hábito de proceder mal; ação indecorosa que se pratica por hábito. 6 Costumeira. 7 Costume condenável ou censurável. 8
 
1 -O VÍCIO PORNOGRÁFICO E O SEXO VIRTUAL. Tiago 1. 15
Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte.
 
A PORNOGRAFIA ONLINE TORNOU-SE UMA DAS áreas mais lucrativas do comércio eletrônico (e-commerce). Estima-se que a receita chegue a bilhões de dólares. O número de pessoas que visitam sites de sexo a cada dia tem sido estimado em 60 milhões. Juntos, os cinco maiores sites de sexo tem mais visitantes que MSNBC.com e CNN.com combinados (canais de notícias). Todos estes sites estão disponíveis a seus filhos a cada minuto da vida deles. E eles são fáceis de achar, em apenas alguns segundos.
 
A pornografia na Internet é tão extensa que é correto dizer que ela está aqui para ficar; e é provável que nunca seja impedida. A cada dia aproximadamente 400 novos web sites pornográficos são abertos na Internet de lugares principalmente como Tailândia e Rússia.
 
MEDIDAS PREVENTIVAS
 
1. Conselhos aos tentados.
 
Com sabedoria o apóstolo avisa-nos:
 
Não participem das obras infrutíferas das trevas; antes, exponham-nas à luz.
 
Porque aquilo que eles fazem em oculto, até mencionar é vergonhoso. (Efésios 5:11-12)
 
Fuja dos desejos malignos da juventude e siga a justiça, a fé, o amor e a paz, juntamente com os que, de coração puro, invocam o Senhor. (2 Timóteo 2:22)
 
Os que vivem segundo a carne têm suas mentes voltadas para o que a carne deseja; mas os que vivem de acordo com o Espírito têm suas mentes voltadas para o que o Espírito deseja.
 
2. O ALCOOLISMO À LUZ DA BÍBLIA
 
- O primeiro vício que se apresenta na história humana, e as próprias Escrituras o registram, é o vício do alcoolismo, ou seja, a dominação do álcool sobre o homem. O primeiro registro de embriaguez nas Escrituras encontra-se no livro do Gênesis, quando Noé se embriagou ao tomar do suco da vinha que havia plantado (Gn.9:20,21). Esta embriaguez trouxe vergonha para o patriarca, bem como dissensão familiar (Gn.9:22-27).
 
- De qualquer modo, o episódio ocorrido na vida de Noé mostra, claramente, que a embriaguez é um fator de desagregação social, é um importante instrumento para destruição da dignidade, da moral e da família. Noé, apesar de ser um homem que achou graça diante de DEUS, de ser o patriarca da humanidade que recomeçava sua caminhada, perdeu a vergonha, sua dignidade e sua autoridade perante sua família por causa da embriaguez.
 
O alcoolismo é uma verdadeira desgraça, pois retira do homem estes predicados que são essenciais para a sua sobrevivência. As estatísticas mostram, claramente, que o álcool é o principal fator da violência na sociedade, a principal causa de destruição das famílias, de ruína sócio-econômica, não só do indivíduo, mas, também, da família e da sociedade. Como se trata de uma droga cujo comércio, por interesses poderosos, é livremente permitido e até incentivado (observe como o mundo jaz no maligno: uma dose de pinga sempre foi mais barata do que um pãozinho), seus efeitos deletérios são cada vez mais freqüentes. Hoje em dia, segundo algumas estatísticas no Brasil, a iniciação no alcoolismo se dá por volta dos quatorze, treze anos de idade e tudo feito impunemente, com o beneplácito das autoridades.
 
III. O CRISTÃO E O FUMO
 
- Muitos incautos procuram dizer que o fumo não tem qualquer proibição na Bíblia Sagrada, porquanto ali não se acha escrito em lugar algum algo como "Não fumarás". O fato é que o tabagismo, na forma em que existe atualmente, é fruto de absorção de um costume que foi encontrado no continente americano, com as grandes navegações, no século XVI e, obviamente, tratava-se de um hábito totalmente desconhecido da época da elaboração da Bíblia Sagrada.
 
- Entretanto, o fato de não haver dispositivo explícito a respeito do fumo não permite, em absoluto, considerar que o tema não é tratado pelas Escrituras, pois a Palavra de Deus é atemporal e se aplica a todos os tempos e épocas (Mt.24:35; I Pe.1:25). Assim, trata, sim, a Bíblia a respeito do vício do fumo, que, como qualquer vício, é algo incompatível para o cristão,como vimos supra.
 
- Embora seja uma droga legal, em virtude dos grandes interesses comerciais envolvidos, a nicotina causa dependência assim como qualquer outra droga ilícita, sendo, segundo os especialistas, uma das drogas de maior poder de causar dependência, mais até que a maconha. Vê-se, portanto, logo de início, que não se pode conceber um cristão verdadeiro que seja fumante, pois será, na verdade, um escravo da nicotina, circunstância incompatível com a do verdadeiro servo de Deus, pois JESUS disse que se formos libertos do pecado por Ele, seremos verdadeiramente livres (Jo.8:36) e isto implica em não sermos dependente de qualquer substância química.
 
- O fumo é vício que destrói o organismo humano aos poucos. Todos os anos, milhões de vidas têm sido ceifadas no planeta única e exclusivamente por causa do cigarro. Estão diretamente relacionadas ao fumo uma série de doenças, em especial, o câncer do pulmão e a grande maioria das doenças cardiovasculares e respiratórias. O fumo é um suicídio lento e gradual. Tanto é o prejuízo causado pelo fumo para os serviços de saúde pública em todo o mundo que os países têm se esforçado para restringir o fumo, seja diminuindo os locais em que ele pode ser praticado, seja inibindo a propaganda dos produtos, sem se falar que o cigarro é um dos produtos de maior taxação. Os Estados Unidos têm liderado este movimento, mormente a partir da década passada. O Brasil, recentemente, adotou legislação inibidora da propaganda do cigarro, até para cumprir dispositivo constitucional neste sentido. Um vício que tanto prejuízo causa à população não poderia, mesmo, ser admitido pelas Escrituras Sagradas.
 
IV. O CRISTÃO E AS DROGAS
 
- Outro mal que tem assolado a sociedade moderna tem sido o do vício das drogas, assim entendidas todas as substâncias que causam dependência física ou psíquica e cujo uso é proibido, normalmente, pelas legislações ao redor do mundo, tendo em vista os grandes males que causam à saúde. Na verdade, o que se disse a respeito do fumo serve para as demais drogas que, embora, ao contrário da nicotina, não sejam permitidas pelas legislações (em alguns países, até, algumas delas já tem uso permitido), causam o mesmo mal que aquela, destruindo o ser humano em todos os aspectos.
 
- Naturalmente que um cristão sincero, que não se pode deixar dominar por coisa alguma desta vida, muito menos permitir a destruição do nosso corpo, que é templo do Espírito Santo, jamais pode se envolver com tais substâncias. O uso destas substâncias está relacionado à falta de perspectiva na vida, à falta de esperança, ao desencanto com a existência, ou seja, à falta de Deus na vida do homem.
 
V. O CRISTÃO E OS JOGOS DE AZAR
 
- O jogo é uma atividade que existe desde a Antigüidade, como demonstram achados arqueológicos. Sendo uma aposta ou uma busca no acaso de algum resultado ou conclusão, o jogo, não poucas vezes, esteve relacionada naquela época a práticas religiosas de adivinhação ou de busca de vontade dos deuses.( A soret lançada sobre Jonas Ca 1. 7 “E diziam cada um ao seu companheiro: Vinde, e lancemos sortes, para que saibamos por que causa nos sobreveio este mal. E lançaram sortes, e a sorte caiu sobre Jonas”.)
 
Dito Judaico - Em Purim celebramos a milagrosa salvação dos judeus da Pérsia, que lá foram exilados após a destruição do Primeiro Templo. O nome da festa advém da palavra persa "pur", que significa "sorte". A Meguilat Esther o livro que relata com detalhes a história de Purim explica: "Por isso, àqueles dias chamam Purim (sortes)" por causa da sorte que Haman havia lançado, determinando o dia em que os judeus seriam aniquilados".
 
- O jogo somente existe por causa da ganância do homem, por causa da avareza, que a Bíblia diz ser idolatria (Cl.3:5). "Um forte argumento cristão contra o jogo é que exibe falta de fé no suprimento dado pelo SENHOR. No entanto, os aficcionados do jogo retrucam que Deus é capaz de suprir algum dinheiro através do jogo. Mas, não devemos nos esquecer que o Novo Testamento exalta o trabalho árduo e a boa mordomia, o que elimina totalmente a prática do jogo, em qualquer de suas formas. Ver II Ts.3:10-12; Ef. 4:28; I Co.10:23; Gl.5:13,14; Mt.22:37; I Ts.5:22 e Rm.12:9."
 
- O Brasil é um país em que o jogo é veiculado principalmente pelo Governo que, embora proíba o jogo do bicho (que fomenta, entre outras coisas, a corrupção policial e o narcotráfico), criou inúmeras loterias e as administra. Na Constituição da República, ficou estabelecido, inclusive, que a previdência social viverá, dentre outros recursos, dos provenientes das loterias (art.195, II ). Aliás, apesar (ou por causa disso), o déficit da Previdência Social seja cada vez mais crescente...
 
OBS: "...Governos, escolas e até mesmo igrejas têm apelado para o jogo a fim de pagarem suas despesas, construírem instalações, promoverem caridades, dirigirem sistemas escolares etc. O sucesso desses empreendimentos depende do fator humano em que as pessoas dispõem-se a gastar dinheiro em seu auto interesse, embora não fossem comovidas, de qualquer outro modo, a contribuírem financeiramente para alguma boa causa...)
 
Pastor Edson Assis de Azevedo.
 
voltar

© 2009 IBRP Paracambi - Todos os direitos reservados

estatística

maiscriativo

xhtml   css